top of page
  • Foto do escritorsiteofficinadosaber

Arteiros 2023

Da tela da TV para as telas de pintura Este ano, com base no Projeto Macro de 2023 “Teledramaturgia Brasileira”, a Exposição ARTEIROS uniu elementos e posicionamentos artísticos com o fantástico mundo da ficção agregando magias, verdades, razões e pensamentos críticos através da linguagem da ARTE. Através do processo de estudo e pesquisa, as conexões das artes visuais foram se estabelecendo com as artes cênicas. Novelas brasileiras consagradas e de roteiros atemporais foram lembradas, como Saramandaia, Avenida Brasil, Império, Pantanal, entre outras. Programas infantis como TV Colosso e o musical Saltimbancos também fizeram parte do processo criativo, além de minisséries como Um só Coração que conta especificamente os detalhes da organização e acontecimento da Semana de Arte Moderna, ocorrida em nosso país e 1922. Os artistas inspiradores da Exposição ARTEIROS 2023 nas turmas da Educação Infantil foram: Jeff Koons, com o seu curioso e contemporâneo “Ballon Dog”, e Gustavo Rosa e Luciano Martins, com seus gatos de linhas retas e do mundo da publicidade. No Ensino Fundamental, as referências foram: Tarsila do Amaral e sua obra “Família”, Militão dos Santos representando a Arte Naïf, Vick Muniz com sua obra e seu documentário “Lixo Extraordinário”, J Borges e suas artes de Xilogravura, Ivan Cruz retratando a infância, Yayoi Kusama e sua admirável obra do universo das bolinhas coloridas, Fernando Botero e seus retratos volumosos, Coletivo de Artista indígenas GRUPO MAHKU, do Acre, evidenciando uma arte indígena feita por indígenas e João Sebastião Francisco da Costa representando a cultura e as texturas pantaneiras. Para as turmas do Ensino Médio, os artistas abordados foram os modernistas oriundos da Semana de 1922, como Anita Malfatti e Di Cavalcanti e posteriormente Tarsila do Amaral. Além destes, a cultura marroquina esteve presente através das mandalas coloridas e simétricas. E no Terceiro Ano do Ensino Médio, a prática do “Vale a pena ver de novo”, onde os alunos escolheram representar o que queria levar para casa como registro e memória das últimas aulas de arte do Ensino Médio. Professora Fabíola Garcia Graduada em Educação Artística Pós-Graduada em Ensino de Arte Mestranda em Arte pela UFMG